Guia de Férias: Jericoacoara | Litoral Leste

Segundo post do ano com mais um roteiro de Jericoacoara, dessa vez, sobre o Litoral Leste. Para quem não viu ainda, fiz um roteiro super completinho sobre o Litoral Oeste. Como recebi muitos pedidos, resolvi contar para vocês um pouco sobre esse paraíso. :)

Como eu comentei no outro post, fechamos o passeio direto com a nossa pousada, a Pousada Carcará {incrível, por sinal!} e o nosso guia foi o Fred. Indicamos de olhos fechados!

Tanto o passeio do Litoral Leste quanto Oeste, escolhemos fazer o percurso com quadriciclo. O valor do quadri é mais salgadinho, pagamos R$ 500 {em alta temporada}, mas valeu super a pena, pois aproveitamos muito melhor o tempo em cada parada. A experiência foi outra! Além de pilotarmos, conhecemos lugares incríveis e o guia era privativo/exclusivo para nós, ou seja, não pegamos fila e não tivemos que esperar pessoas tirarem fotos, como acontece em passeios compartilhados.

Há também outras opções para fazer o passeio, como buggy {R$ 500 com até 4 pessoas} e também jardineira {R$ 70 por pessoa, com um grupo maior de pessoas}. Lembrando que esse valor é em alta temporada.

E agora vamos ao roteiro! :)

Árvore da Preguiça

A primeira atração turística do lado Leste é a Árvore da Preguiça. Os fortes ventos fizeram com que essa árvore nativa e única da região, tivesse suas formas contorcidas e curvadas, como se estivesse deitada ou se arrastando no chão. É surreal e uma coisa linda de se ver. Sugiro chegar na atração bem cedinho, pois fomos um dos primeiros a chegar e já pegamos uma pequena fila. Quando chegou a nossa vez de fotografar, a fila atrás de nós já estava enorme.

Praia do Preá

Essa parada foi bem rápida no nosso roteiro. Paramos apenas para fotografar em frente às plaquinhas que ficam em frente à praia, pois queríamos aproveitar as outras atrações turísticas por mais tempo – outra vantagem de fechar o passeio privativo. Se estivéssemos em grupo, precisaríamos esperar todas as pessoas.

A Praia do Preá possui diversos atrativos naturais e é considerada como a melhor praia para atividades desportivas do mundo – sendo a praia oficial do Kitesurf. :)

Buraco Azul

Esse era um dos lugares que eu estava mais ansiosa para visitar. Sempre sonhei em conhecer! O Buraco Azul é um “lago” com águas de cor azul-turquesa – que se formou depois de fortes chuvas no Ceará, e criou um cenário paradisíaco! O solo dessa escavação é rico em calcário. A areia ao fundo reflete com os raios do sol – por isso essa tonalidade surreal da água. O valor de entrada é R$ 10,00 por pessoa e, além do Buraco Azul, o local também conta com um bar/restaurante e passeio de helicóptero sobre a região {com valor à parte!}. Essa atração turística fica à 20km de Jericoacoara, em Caiçara – CE.

Lagoa do Paraíso e Alchymist Beach Club

A Lagoa do Paraíso é um dos principais pontos turísticos… E QUE PARAÍSO! Esse lugar é realmente impressionante, não tenho palavras. As águas cristalinas são a coisa mais linda que já vi. Dá até para ver os peixinhos! O mar muda de cor, começa verde e depois fica azul. Além disso, o local possui as famosas redes na água para relaxar.

Além da Lagoa, outra atração é o Alchymist Beach Club, um clube com design incrível, muito lindo e luxuoso, e estrutura completa com bar, restaurante, atividades e área VIP. Tudo isso em um cenário paradisíaco! A dica que temos é: busquem uma mesa próxima à lagoa para aproveitar melhor o lugar!

Para quem busca privacidade, também possui espreguiçadeiras na beira da lagoa {R$50 por pessoa} ou área VIP {R$ 100 a 200 por pessoa}. Como em qualquer Beach Club, os preços do cardápio são salgadinhos, mas com ótimas opções para almoço e petiscos! O atendimento foi rápido, comparando com o número de mesas ocupadas no local. Nós pedimos alguns drinks {lindos e deliciosos, por sinal} e uma porção de isca de peixe que estava muito bem preparada. O club foi a penúltima parada do passeio do lado leste, onde almoçamos e descansamos por 3 horas. Sobre o visual: as fotos entregam, né?! Não preciso nem dizer muito, apenas que me apaixonei {real} e pretendo voltar para passar o dia todo lá! 

Parque Nacional

Do campo de dunas, que se estende por quase toda a extensão do Parque Nacional, fizemos uma breve parada nas lagoas temporárias. Sim, essa é uma lagoa em meio às dunas. Coisa linda de se ver! Ficamos encantados. O Brasil é realmente lindíssimo e recheado de paraísos! 

No final do passeio, poderíamos ter ido até a Pedra Furada, mas preferimos voltar para a pousada. Deixamos para conhecer esse ponto turístico na próxima viagem à Jericoacoara – que com certeza faremos! <3

Estamos simplesmente apaixonados por Jericoacoara. Conhecemos outros lugares do nordeste brasileiro, mas Jeri tem nosso coração.
Se quiserem conhecer mais sobre o Litoral Oeste, clique aqui.

Espero que vocês gostem desse mini roteirinho, e qualquer dúvida podem entrar em contato comigo por mensagem ou pelo Instagram.

Um beijo,

Cacau.

Guia de Férias: Jericoacoara | Litoral Oeste

Começando o ano de 2021 com um post sobre algo que amamos: viagem! :) Quem me acompanha pelo Instagram, viu que passei as férias em Fortaleza e Jericoacoara. E se eu tenho algo para dizer, é: se vocês tiverem a oportunidade de conhecer esses dois paraísos, eu indico de olhos fechados. Já conheci alguns lugares no nordeste, mas estou completamente apaixonada pelo Ceará. São paisagens surreais, além da cultura e pessoas incríveis! Conhecemos pessoas maravilhosas por lá! E já estou contando os dias para voltar. <3

Como recebi muitos pedidos lá no Instagram, resolvi fazer um post no blog com roteiros dos passeios que fiz. Começando pelo Litoral Oeste de Jericoacoara, o passeio que mais amamos!

Fechamos o passeio direto com a nossa pousada, a Pousada Carcará {incrível, por sinal!} e o nosso guia foi o Fred. Indicamos de olhos fechados!

Tanto o passeio do Litoral Leste quanto Oeste, escolhemos fazer o percurso com quadriciclo. O valor do quadri é mais salgadinho, pagamos R$ 500 {em alta temporada}, mas valeu super a pena, pois aproveitamos muito melhor o tempo em cada parada. A experiência foi outra! Além de pilotarmos, conhecemos lugares incríveis e o guia era privativo/exclusivo para nós, ou seja, não pegamos fila e não tivemos que esperar pessoas tirarem fotos, como acontece em passeios compartilhados.

Há também outras opções para fazer o passeio, como buggy {R$ 500 com até 4 pessoas} e também jardineira {R$ 70 por pessoa, com um grupo maior de pessoas}. Lembrando que esse valor é em alta temporada.

E agora vamos ao roteiro! :)

Mangue Seco e Jangada para ver os Cavalos Marinhos

Iniciamos o passeio no Mangue Seco. Ao chegar lá, já é possível se apaixonar pelo visual lindo! O passeio ecológico de jangada para ver os Cavalos Marinhos é um custo e escolha a parte {R$10 a 20 por pessoa – dependendo da temporada}. E claro que não deixamos de aproveitar a oportunidade, né? Na jangada, eles contam sobre a história da região e mostram diversos animais no percurso. Chegando no habitat dos Cavalos Marinhos, ele buscam um deles e colocam em um recipiente de vidro para tirarmos foto! Experiência única! :)

A comunidade local recebeu orientação do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, para o turismo da região não afetar os animais. Eles orientam que os animais nunca devem ser tocados, e eles podem ser retirados da água somente em recipientes de vidro transparentes. Logo após devem ser devolvidos ao mesmo lugar de onde foram retirados.

Travessia do Rio Guriú

Essa parte do trajeto é incrível! Nós atravessamos o Rio Guriú para chegar a Camocim, do outro lado do rio. Para atravessar, os carros/buggys e quadriciclos sobem em uma espécie de “balsa”, feita em madeira, para serem levados à outra margem. Outra experiência muito legal!

Ao atravessar, nos deparamos com um famoso cenário: árvores gigantescas, secas, com raízes longas e fora da terra. A comunidade transformou o local em uma atração turística, e criaram balanços, casas na árvore e estabelecimentos. Lugar com uma beleza indescritível e perfeito para fotos. Sonhava em conhecer esse lugar!!! <3

Dica maravilhosa: como o local tem muitas filas para fotografar nos balanços, nós pulamos essa parada e fomos direto para a Lagoa Grande e Lagoa da Torta. Só voltamos para o Mangue depois de todos os passeios {por volta das 15h}, e todos os balanços estavam livres para fotografarmos! Essa dica quem sugeriu foi o nosso guia Fred, e eu amei muito! :) Mais uma vantagem em fazer o passeio privativo, pois se estivéssemos em grupo, não poderíamos pular o roteiro e voltar depois.

Dunas de Tatajuba

Para quem curte adrenalina, essa é a melhor parte do passeio. O quadriciclo percorre pelas Dunas de Tatajuba, algumas bem altas, com muita aventura {e ventos também! rs}. Não preciso nem falar da paisagem, né? Indescritível!

Lagoa Grande com Tirolesa e Kamikaze

Depois das Dunas, paramos em mais um ponto turístico, também voltado para aventura: a Lagoa Grande, com a tirolesa e o kamikase! Os brinquedos são a parte {R$ 20 cada/por pessoa, com direito a ir duas vezes em cada um deles}. Peço desculpas pela qualidade da imagem, aproveitamos tanto o lugar que esquecemos de fotografar! Então fiz prints dos vídeos que o nosso guia gravou! haha :)

Lagoa da Torta e Restaurante com Cardápio ao Vivo

Última parada do passeio: Lagoa da Torta. E que incrível esse lugar! Só de lembrar, me traz paz. <3 Uma lagoa de água doce, com visual maravilhoso. Essa parada é a última e mais longa, ficamos das 11h até às 15h.

O local possui um restaurante delicioso chamado Barraca do Robério, com mesas sobre a água e redes para relaxar. Além disso, eles possuem o famoso cardápio da região: cardápio ao vivo. O garçom não traz o cardápio convencional {feito em papel}, mas sim, traz uma bandeja até a mesa com as opções de peixe, lagosta ou camarão para sua escolha. Escolhemos o peixe e estava impecável! Experiência maravilhosa. :)

Ao finalizar o passeio, ainda deu tempo de chegar em Jeri para aproveitar a piscina da Pousada Carcará e também ver o pôr do sol na praia. Demais, né?

Nós simplesmente AMAMOS esse passeio! Acredito que tenha sido o dia mais incrível da viagem, pois é um roteiro que agrada todos os gostos. Mal voltamos e já pretendemos voltar à Jeri para fazer tudo novamente, porque é uma experiência incrível, em um lugar surreal de lindo. É realmente indescritível a beleza do Ceará! <3

Espero que vocês gostem desse mini roteirinho, e qualquer dúvida podem entrar em contato comigo por mensagem ou pelo Instagram.

Um beijo,

Cacau.

O que levar na bolsa de praia?

O que levar na bolsa de praia?

Mulheres sempre sofrem na hora de arrumar a bolsa de praia. Isso porque nós só lembramos de alguns itens quando já saímos de casa/hotel, ou levamos coisas demais, não usamos tudo e a bolsa fica pesada para carregar.

A dica é escolher uma bolsa feita de tecido ou algum material impermeável, mais leve e fácil para limpar. Além dos óculos de sol, chapéu, toalha, canga, protetor/bronzeador, outros itens também são muito importantes e selecionei 5 super úteis para levarmos nos passeios à praia. Vamos ver?

Item 1: Protetor Solar para o Rosto

Diversos especialistas alertam não irmos à praia usando maquiagem. Além do make atrapalhar o bronzeado e derreter, pode manchar a pele, causar alergias e obstruir os poros. Para nossa felicidade, o mercado de beleza já disponibiliza protetores solares faciais que funcionam como base: protegem e maquiam ao mesmo tempo. O protetor solar Vichy é um exemplo, e podemos encontra-lo em farmácias e sites de cosméticos. Custa em torno de R$ 60.

protetor-solar-vichy-com-cor
Imagem: divulgação.

Item 2: Água Termal

Pode parecer besteira para quem não conhece, mas trás benefícios incríveis para nossa pele. Se água comum já faz bem ao nosso corpo, imagina uma água enriquecida com minerais? A Água Termal, além de acalmar a pele do bronze excessivo, tonifica e dá maciez. Também é cicatrizante e anti-inflamatória. Se usarmos antes do make, a água o fixa por mais tempo, e se usarmos depois dá aquele ar “natural” à pele. E mais: também dá brilho aos cabelos. Demais, não é? Selecionei algumas marcas que comercializam Águas Termais e que podemos encontrar em farmácias, lojas de cosméticos e perfumarias. Custam cerca de R$ 40, dependendo das quantidades de ml:

agua-termal-blogcacau
Imagem: divulgação.

Item 3: Hidratantes e Protetores Labiais

Os nossos lábios são delicados e umas das regiões mais sensíveis do nosso corpo, por isso eles merecem atenção na hora de tomarmos sol. Os protetores e hidratantes labiais são essenciais para evitarmos queimaduras, ressecamento e linhas de expressão. Algumas dicas que custam em torno de R$ 20:

protetoreslabiais
Imagem: divulgação.

Item 4: Filtro Solar Capilar

Os nossos cabelos são os que mais sofrem nas praias, não é mesmo? A água do mar, o vento e a areia fazem com que os fios percam a vida e ressequem com mais facilidade. Algumas mulheres usam cremes hidratantes mas não é aconselhável, pois os raios solares podem esquentar o creme e queimar os nossos cabelos. O ideal é usarmos leave-in ou filtros solares para os cabelos. A Aquaflora possui um fluído voltado exatamente para proteção do sol, mar e piscina, e custa em torno de R$ 25. Possui sais minerais e termoativos que protegem e hidratam os cabelos.

fluido-protetor-amarelo-mar-sol-piscina
Imagem: divulgação.

A L’oreal é outra opção, pois possui o L’Oréal Professionnel Solar Sublime UV Protection, kit para tratamento de cabelos expostos ao sol. A fórmula dos produtos protegem os cabelos dos raios solares e garantem um verão sem preocupações. O kit custa cerca de R$ 300.

loreal-professionnel-solar-sublime-uv-protection-kit--3-produtos--26732
Imagem: divulgação.

 

Item 5: Escova para os Cabelos

Como citei acima, além de ressecar, o vento da praia e água do mar deixam os nossos cabelos rebeldes. Não poderia deixar de selecionar uma escova para eles! Escolhi mostrar a The Original Tangle Teezer, que dizem ser a melhor escova, pois não quebra os fios. Estou louca para comprar e testar, mas o preço é um pouco salgado: até R$80.

 

E vocês, o que levam na bolsa de praia? Enviem suas dicas pelos comentários. :)

Não se esqueçam de acompanhar o blog nas Redes Sociais:

Facebook | Instagram

Beijo beijo,
Cacau.

Guia de Férias: Como comprar um chip pré-pago com internet nos EUA.

Muitas amigas vieram me perguntar como eu fiz para ter internet nos EUA. Eu uso a operadora VIVO, mas nunca ativei o serviço de roaming internacional quando viajei, pois o preço é muito alto. Todas vezes em que viajei, fiquei incomunicável, conseguindo postar fotos ou usar o Whatsapp somente usando o Wi-fi disponível no hotel ou em restaurantes. Então, dessa vez resolvi procurar um modo de ter internet fora do país, e fui conhecer as duas grandes operadoras dos EUA: a T-Mobile e a AT&T.

foto (6)

Escolhi a T-Mobile pelo ótimo atendimento. Primeiro, você deve comprar o chip da operadora, que custa U$10 (para iPhone 5s). Logo depois, você escolhe o plano ou pacote. A T-Mobile tem planos diários e mensais. Eu escolhi o plano diário, pois fiquei apenas 6 dias no país. Foram U$3 com internet 4G limitada, ligações e SMS livres. Confesso que fiquei com receio pela internet ser limitada, mas no final valeu muito a pena, publicava mais de 7 fotos por dia, e a internet era super rápida.

Tem também os planos mensais, de U$50 com internet de 500Mb, U$60 com 2,5Gb e U$70 com internet ilimitada. Os três com ligações e SMS livres.

Não usei o chip em ligações para o Brasil, só me comunicava pelo Skype ou Facetime, mas para quem faz muitas ligações para o Brasil, uma outra opção é comprar cartões pré-pagos de telefone. No cartão vem o modo de usar, é bem fácil, e você pode fazer ligações tanto em telefones públicos quanto no telefone do hotel.

Comprar um plano de operadora dos EUA foi com certeza a melhor coisa que eu fiz! Recomendo muito, e agora vou usá-lo todas as vezes que eu viajar.

Para saber mais, acesse: T-Mobile e AT&T.